Angústia em 1876: obra premiada em 1906 e 2011

Nesta pintura em óleo sobre tela, o artista alemão Schenck em 1876, deu a sua ovelha perturbada uma expressão sugestiva de desespero misturada com determinação. Reconhecendo essas respostas decididamente humanas, pode-se esperar que o espectador se identifique imediatamente com a situação sombria do animal. A bravura da ovelha diante da ameaça representada pelo círculo assassino de corvos é uma postura desafiadora frente ao inevitável. Há pouca sutileza evidente neste trabalho.

A pintura angústia foi uma das primeiras aquisições da Galeria Nacional de Victoria e os altos ideais expressos na pintura não foram perdidos pelos visitantes da Galeria. Em 1906, essa foto foi votada entre as cinco mais populares da coleção de Melbourne e novamente em 2011, durante o 150º aniversário da Galeria Nacional do Victoria, Anguish apareceu entre as 10 obras mais populares do público.

Angústia é uma condição psicológica bem complexa nos humanos. Tradicionalmente em algumas culturas a angústia é considerada como um fenômeno negativo e prejudicial, algo que deve ser evitado. No entanto, sendo uma manifestação psicológica, a angústia sinaliza em sua positividade um momento de parada, de atenção, que escapa aos liames da consciência e do familiarismo para induzir ação, criar sentidos. Em outras palavras, na manifestação da angústia o humano tem a oportunidade de se reinventar.


Garanta sua privacidade!
Baixe aqui o Navegador Brave.