Skate e bicicletas, uma polêmica no trânsito

O skate iniciou no Brasil na década de sessenta. No início não existiam regras, o brinquedo era considerado apenas para lazer e não como uma possível prática esportiva. Somente 1974 é que foi realizado o primeiro Campeonato Brasileiro de Skate. O evento ocorreu no Clube Federal do Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano foi inaugurada a primeira pista aqui no Brasil.

A prática esportiva do skateboard só explodiu no Brasil na década de noventa. O número de praticantes cresceu vertiginosamente neste período, bem como os eventos, que acabaram recebendo total apoio da imprensa.

Com um grande número de adeptos e poucos lugares públicos, devidamente configurados para tal prática, é comum a garotada brincar nas movimentadas ruas dos centros urbanos. Algumas pessoas usam do Skate como meio de transporte para curtas distâncias.

Sem uma legislação que organize o uso deste tipo de transporte, carros e Skate acabam compartilhando o mesmo espaço e colocando em risco, em alguns casos, pedestres e praticantes da modalidade. Este não é o único meio de transporte que enfrenta os problemas urbanos, os ciclistas, cuja prática é muito mais antiga, também são alvos de polêmicas e com frequência, acidentes.

Tanto os motoristas, condutores, pedestres e usuários destas modalidades alternativas de transporte, frequentemente se estranham em um embate sem mediadores oficiais, no silêncio das autoridades.


Garanta sua privacidade!
Baixe aqui o Navegador Brave.