Início | Cursos | Filmes | Links | Clean Page



Tecnologia auxilia cegos na identificação de obstáculos

07/2017 | Deu erro? avise aqui

Sistema feito inicialmente para navegação de robôs poderia dar às pessoas cegas o equivalente a um visor Braille, segundo pesquisadores franceses.

Duas câmeras montadas em um par de óculos podem gerar uma imagem tridimensional do ambiente, exibindo as informações em um dispositivo portátil de leitura Braille.

Um Smartphone recebe as informações do visor e analisa o cenário para identificar paredes ou outros obstáculos, um acelerômetro e giroscópio determinam qual a velocidade do andar do usuário e outras variáveis, determinando a sua localização no espaço.

O sistema pode criar mapas continuamente e retransmitir as informações para um dispositivo Braille criando um tipo de mapa 3-D. O usuário pode identificar obstáculos ao seu redor tocando no mapa em vez de usar uma bengala ou outro equipamento tátil.

Não perca Conteúdo! Adicione seu e-mail.



Você sabia!

O efeito placebo é constatado quando um paciente apresenta melhorias em sua saúde apenas pela forte crença em uma possibilidade de cura. Este efeito também está presente em outros animais além do humano e um estudo recente conduzido pelo biólogo Peter Trimmer identificou uma espécie de interruptor presente no sistema imunológico que é controlado pela mente. Sob determinadas sensações o cérebro pode controlar e disparar um maior ou menor efeito imunológico no corpo.

Destaques do blog
Curiosidade:

Segundo alguns cientistas, os ruídos causados por infra-sons, ondas sonoras em freqüência extremamente baixa, são percebidos por nosso organismo causando sensações estranhas. Ao receber a onda, o bulbo cerebral vibra e provoca hiperventilação, fato que pode trazer sensação de medo ou até causar alucinações. Além do bulbo, o líquido ocular também vibra e cria manchas cinza na visão. O labirinto, por sua vez, pode tremer, desorientando-nos espacialmente. Esses fatos podem facilmente ser confundidos com fantasmas ou outros eventos paranormais, especialmente porque cada corpo reage diferente.